A Dança como opção de Exercício físico e Queima calórica


Expressamos nossas emoções e sentimentos de diferentes formas, uma delas é por meio da dança, uma das expressões artísticas mais antigas.

Na pré-história dançava-se pela vida e pela sobrevivência. Na Grécia, a dança ajudava nas lutas e na conquista da perfeição do corpo. Vemos então que a dança tem história e essa história acompanha a evolução das artes visuais, da música e do teatro e, atualmente, ela pode ser considerada também uma forma de queimar gordura enquanto nos divertimos.


A dança pode ser encontrada em estilos e modalidades diferentes, mas tem um ponto em comum que é fazer um enorme bem à saúde. Os praticantes dessa atividade são beneficiados com o aumento da eficiência do sistema cardiorrespiratório e cardiovascular, melhora na postura corporal e do equilíbrio e ainda contribui para a diminuição do estresse e prevenção da depressão.

Suas aulas são diretas e exigem não só a coordenação para manter o corpo em coreografia, mas também um tempo dedicado para exercícios de aquecimento e demais práticas para prevenir lesões.


Além disso, é importante manter uma permanência nas aulas para manter o ritmo, por isso a dica é escolher o estilo de dança que mais combina com você e seus gostos pessoais.

Com o corpo pronto e o ritmo escolhido, você consegue ao final de 1 hora de aula gastar até 500 calorias. Além de, é claro:


1. Melhorar a elasticidade da pele

Ter uma pele mais firme é um desejo da maioria das pessoas, e existem diversas maneiras de conseguir alcançar esse objetivo. Algumas delas, incluem: tratamentos estéticos, mudanças na alimentação, exercícios específicos e dança! Embora, possuam nomes distintos, todos eles agem da mesma maneira, ou seja, estimulam a produção de colágeno, que é o principal responsável por dar sustentação ao tecido cutâneo.


2. Diminuir a flacidez

A flacidez da pele pode ocorrer por diversas razões, como gravidez, ganho e perda de peso constante (famoso efeito sanfona), causas naturais do envelhecimento ou ainda grande exposição ao sol.


Para perder essa flacidez, a dança pode ser uma ótima aliada por ser um exercício que mexe com todo o nosso corpo


3. Ajudar na retenção de líquidos

Ela diminui a retenção de líquidos, o que acaba refletindo no nosso peso final, já que essa retenção nos deixa inchadas. Basicamente, os exercícios aeróbicos (como corrida, caminhada e dança) fazem o nosso coração bombear mais, estimulando assim, os vasos linfáticos e consequentemente evitando o inchaço.


4. Tonificação muscular

Na dança, todos os músculos do corpo são trabalhados, mas cada estilo praticado influencia enormemente em determinados grupos musculares. Por exemplo, para a parte superior do corpo (abdominais e costas), a dança do ventre é uma opção sugestão, visto que exercita principalmente região abdominal. Se você gosta de um estilo mais aerodinâmico, tem a dança clássica.


Para fortalecer as pernas e glúteos, as danças mais recomendadas são: dança de salão e, o zouk que também é um ritmo que trabalha os quadris, exigindo ainda um emprego constante dos glúteos.

Para trabalhar todo o corpo, a aula de hip-hop ajuda, outras danças também como o tango, que mobiliza principalmente as pernas, mas também requer a adoção de posturas que trabalham a parte superior do corpo. Ainda, a capoeira também é uma dança completa e original.


5. Liberação de Serotonina e Endorfina

A serotonina e a endorfina são liberados no corpo a partir, por exemplo, da prática de exercícios físicos de intensidade moderada a intensa por pelo menos 40 minutos ininterruptos.

Esses dois neurotransmissores estão relacionados às sensações de bem-estar e felicidade, além de reduzir o estresse e a ansiedade. Portanto, dançar deixa a gente mais feliz e tranquilo.



Sem dúvidas, irá te tirar o tédio, sendo sempre uma novidade. Lembre-se a dança é para todos, sejam crianças, jovens, adultos, idosos ou pessoas com necessidades especiais, todos podem dançar!

Aqui na Altus, você também pode se exercitar da maneira que você mais gosta. Encontre Educadores Físicos com diferentes especialidades e focos e escolha qual faz mais sentido e se encaixa nos seus horários. Vamos dançar juntos?



Temas: #Dança #Dançar #SaúdeFísica #EducaçãoFísica #QueimaCalórica #Exercício #Depressão #AcompanhamentoProfissional

33 visualizações0 comentário