Você sente culpa por descansar?


O tempo livre virou sinônimo de tempo que ainda não foi preenchido por alguma atividade. Assim, ainda estamos aprendendo sobre o “não fazer nada”.


A nossa relação com o trabalho vem se transformando cada vez mais, mas ainda assim temos dificuldade em saber como utilizar os momentos e decidir o que fazer com eles, se estudamos, trabalhamos mais, descansamos... Geralmente, descansar é uma das últimas opções, pois temos uma demanda alta por produtividade e sentimos que se estamos parados é porque não estamos sendo produtivos. Mas isso não é verdade, e é preciso entender melhor sobre o assunto, pois traz prejuízos a nossa saúde.

De acordo com um estudo da Microsoft, o ser humano médio tem um tempo de atenção de oito segundos, há 20 anos, o número era de 12 segundos. Mais angustiante ainda é o fato de outra pesquisa constatar que o tempo de atenção humana diminui em 88% ao ano. Isso acontece porque os seres humanos recebem sempre muita informação e, consequentemente, impacta no aumento do estresse e da ansiedade que sentimos ao tentar processá-las.


De acordo com Hortense le Gentil, autor livro “Aligned: Connecting Your True Self with the Leader You’re Meant to Be” (“Alinhado: Conectando Seu Verdadeiro Eu ao Líder que Você Deveria Ser”, em tradução em português): “As pausas permitem que você se reconheça sua própria presença e se reabasteça. Isso por sua vez ajuda a ver em perspectiva, lembrar-se do seu objetivo e examinar se seus pensamentos, suas palavras e suas ações são congruentes”.


Segundo matéria da Forbes, pesquisas mostram que, mesmo quando relaxamos, o cérebro não diminui a velocidade nem para de funcionar. O tempo de descanso e relaxamento, na verdade, restaura a atenção e a motivação, estimulando a produtividade e a criatividade, sendo essencial para atingirmos nossos mais altos níveis de desempenho.


Então, se você sentir culpado por descansar, lembre-se de que está fazendo algo positivo para o seu cérebro. Descansar significa acalmar-se, alcançar um estado de tranquilidade, parar um tempo para relaxar e cuidar de si próprio. É permitir-se uma pausa nos problemas do dia a dia para curtir e aproveitar momentos com a família, com seus pets ou consigo próprio, melhorar o humor e a disposição, regular o sistema cardiovascular e como consequência, melhorar a qualidade de vida.



Quer uma ajuda para descansar?


Vamos te dar algumas dicas do que pode ser feito para relaxar:


1. Não passe o dia todo descansando pois pode trazer a sensação de que não fez nada de útil e começará a se sentir culpado. Em vez disso, descubra quais são seus horários mais tranquilos, em que você se sente à vontade para dar uma pausa;

2. Respeite os sinais do seu corpo. Não ultrapasse seus limites;

3. Você pode fazer algo diferente quando quiser descansar, pode ser um hobbie: uma leitura ou ouvir música, mas lembre-se o estresse é um fenômeno biológico e natural, então não escolham atividade que são totalmente desafiadoras para a sua mente e não relaxam. O seu cérebro não irá descansar assim;

4. Você pode tirar um cochilo para descansar e repor as energias;

5. Você pode fazer atividades físicas: se exercitar auxilia o corpo na redução das tensões e colabora para o bem-estar mental, proporcionando certa folga momentânea das demandas e urgências;

6. Você pode praticar meditação, ela possibilita relaxamento físico, espiritual e autoconhecimento, pilares fundamentais para uma boa qualidade de vida.



E você, também já sentiu culpa por descansar? Nesse caso, que tal tentar mudar aos poucos e tirar um tempo hoje para relaxar e cuidar de si? Se você está querendo equilibrar sua vida e trazer mais bem-estar para o seu cotidiano, caso ainda não esteja, não deixe de se inscrever na Jornada Altus. Para acessar basta clicar no botão abaixo!



552 visualizações0 comentário